Inscreva-se na newsletter

Inscreva-se na newsletter de Stellantis Communications e fique atualizado sobre todas as novidades

08 jul 2021

Stellantis realiza hoje o “EV Day 2021” e proporciona informação atualizada sobre os resultados comerciais do primeiro semestre de 2021

Amesterdão, 8 de julho de 2021 – A Stellantis N.V. (NYSE / MTA / Euronext Paris: STLA) irá realizar, às 14h30 CEST / 8h30 EDT (13h30 em Portugal Continental), o seu “EV Day 2021”. Carlos Tavares, CEO da Stellantis, irá desvendar a estratégia global da Stellantis no domínio da eletrificação.

Stellantis realiza hoje o “EV Day 2021” e proporciona informação atualizada sobre os resultados comerciais do primeiro semestre de  2021

 

Amesterdão, 8 de julho de 2021 – A Stellantis N.V. (NYSE / MTA / Euronext Paris: STLA) irá realizar, às 14h30 CEST / 8h30 EDT (13h30 em Portugal Continental), o seu “EV Day 2021”. Carlos Tavares, CEO da Stellantis, irá desvendar a estratégia global da Stellantis no domínio da eletrificação. Os pontos-chave das apresentações serão os seguintes:

  • Investimentos significativos da Stellantis em eletrificação e software de conectividade;
  • O objetivo de manter-se na vanguarda do setor em eficiência através da maximização das sinergias resultantes da fusão;
  • Veículos eletrificados de elevado desempenho que reforçam a personalidade única de cada uma das marcas do Grupo;
  • Oferta de uma gama completa de soluções para clientes particulares, profissionais e frotas empresariais, ajudando a simplificar a posse de veículos elétricos;
  • Plataformas flexíveis concebidas para veículos elétricos e módulos de propulsão elétrica, que abrangem uma vasta gama de segmentos de veículos, visando economias de escala e ganhos em termos de eficiência;
  • Baterias na vanguarda da eficiência energética e do custo associado.

 

A Stellantis anuncia, igualmente hoje, as previsões preliminares sobre os resultados comerciais do primeiro semestre de 2021 e alguns resultados financeiros. O Grupo espera registar um forte desempenho em relação à sua margem operacional do primeiro semestre de 2021, impulsionado por um pricing um mix de produtos positivos. Todas as equipas da Stellantis também responderam em força às limitações de volume causadas pela escassez de semicondutores, através da implementação de medidas de controlo de custos altamente eficazes. Como resultado, a margem operacional corrente para o primeiro semestre de 2021 deverá ultrapassar a fasquia anteriormente reportada de 5,5%, alcançando 7,5% para o conjunto do exercício, apesar das perdas de volume face à produção inicialmente prevista.


Para o primeiro semestre de 2021, em linha com as perspetivas anunciada na Conference Call do primeiro trimestre de 2021, a Stellantis prevê Free Cash Flows Industriais negativos, resultantes do impacto negativo nos fundos de capital resultante dos volumes de produção, que foram inferiores ao esperado. Um início muito promissor da implementação de sinergias, com boas perspetivas de se ultrapassar o objetivo do primeiro exercício, deverá contribuir significativamente para a performance em termos de Free Cash Flow ao longo do conjunto do exercício, aguardando-se que venha a revelar-se positivo.


Os detalhes de acesso ao evento digital “Stellantis EV Day 2021” estão disponíveis na área “Investors” do portal de internet da Stellantis:  www.stellantis.com. O evento terá início às 14h30 CEST / 8h30 EDT (13h30 em Portugal Continental).

 

 

SOBRE A STELLANTIS

Stellantis é um dos principais fabricantes mundiais de automóveis e um fornecedor de mobilidade, guiado por uma visão clara: oferecer liberdade de movimento com soluções de mobilidade distintas, acessíveis e fiáveis. Para além do património rico e da ampla presença geográfica do Grupo, os seus maiores pontos fortes residem no seu desempenho sustentável, na vasta experiência e nos amplos talentos dos seus colaboradores que trabalham em todo o mundo. A Stellantis irá alavancar a sua vasta e icónica carteira de marcas, fundadas por visionários que nelas infundiram paixão e um espírito competitivo que se dirige tanto aos colaboradores como aos clientes. A Stellantis aspira a tornar-se a mais grandiosa empresa da sua indústria, não a maior, ao mesmo tempo que cria valor acrescentado para todos os interessados, bem como para as comunidades em que opera.

Para mais informações consulte o site www.stellantis.com.


Twitter @Stellantis   Facebook Stellantis   LinkedIn Stellantis   YouTube Stellantis

 

 

Para mais informações por favor contacte:

 

Bertrand Blaise + 33 6 33 72 61 86

Valérie Gillot + 33 6 83 92 92 96

Pierre-Olivier Salmon +33 6 76 86 45 48

Jorge Magalhães +351 96 986 16 80 – jorge.magalhaes@stellantis.com

Sara Bravo +351 91 878 35 62 – sara.bravo@stellantis.com 

 

 

DECLARAÇÕES PROSPECTIVAS

Este documento contém declarações prospetivas. Particularizando, estas declarações prospetivas incluem declarações relativas ao desempenho financeiro futuro e as expectativas da Empresa, quanto à realização de determinadas métricas, incluindo receitas, fluxos de tesouraria industriais disponíveis, entregas de veículos, investimentos de capital, despesas de pesquisa e desenvolvimento e outras despesas em qualquer data ou período futuros são declarações prospetivas. Essas declarações podem incluir termos como “pode”, “será”, “esperadas”, “poderia”, “deveria”, “têm como intenção”, “estimar”, “antecipar”, “crer”, “ficar”, “encaminhado”, "criar”, “meta”, “objetivo”, “previsão”, “projeção”, “perspetivas”, "plano" ou termos similares. Estas declarações prospetivas não constituem garantias de performance futura. Em vez disso, baseiam-se no estado atual de conhecimento do Grupo, bem como nas expectativas futuras e nas projeções de eventos futuros, estando, pela sua natureza, sujeitas a riscos e incertezas inerentes. Estão relacionadas com acontecimentos e dependem de circunstâncias que podem ou não ocorrer ou existir no futuro e, como tal, não se deve depositar nelas uma confiança indevida.

Os resultados reais podem diferir materialmente dos expressos nestas declarações prospetivas devido a diferentes fatores, incluindo o impacto da pandemia da COVID-19, a capacidade do Grupo de lançar novos produtos com sucesso e de manter os volumes de entrega de veículos; alterações nos mercados financeiros globais, ambiente económico geral e alterações na procura de produtos automóveis, que está sujeita aos respetivos ciclos; alterações nas condições económicas e políticas locais, alterações na política comercial e na imposição de tarifas ou tarifas globais e regionais destinadas à indústria automóvel, a promulgação de reformas fiscais ou outras alterações nas leis e regulamentos fiscais; a capacidade do Grupo de expandir algumas das suas marcas a nível global; a capacidade do Grupo para oferecer produtos inovadores e atrativos, a capacidade do Grupo para desenvolver fabricar e vender veículos com características avançadas, incluindo uma melhor eletrificação, conectividade e características de condução autónoma; vários tipos de reclamações, processos judiciais, investigações governamentais e outras contingências, incluindo responsabilidade pelo produto e reclamações de garantia, e reclamações ambientais, investigações e processos judiciais; despesas operacionais materiais em relação ao cumprimento dos regulamentos ambientais, de saúde e segurança; o nível intenso de concorrência na indústria automóvel, que pode aumentar devido à consolidação; a exposição a falhas no financiamento dos planos de pensões de benefícios definidos do Grupo; a capacidade de fornecer ou obter acesso a financiamento adequado para concessionários e clientes retalhistas e riscos associados relacionados com o estabelecimento e operações de empresas de serviços financeiros; a capacidade de aceder a financiamento para executar os planos de negócios do Grupo e melhorar os seus negócios, condição financeira e resultados de operações; um mau funcionamento significativo, interrupção ou quebra de segurança que comprometa os sistemas de tecnologia da informação ou os sistemas de controlo eletrónico contidos nos veículos do Grupo; a capacidade do Grupo de produzir os benefícios previstos de acordos de “joint venture”; perturbações resultantes de instabilidade política, social e económica; riscos associados às relações do Grupo com trabalhadores, concessionários e fornecedores; aumentos de custos, perturbações do fornecimento ou escassez de matérias-primas; desenvolvimentos nas relações laborais e industriais e desenvolvimentos na legislação laboral aplicável; flutuações cambiais, alterações de taxas de juro, risco de crédito e outros riscos de mercado; agitação política e civil; terramotos ou outros desastres; o risco de as operações da Peugeot S.A. e da Fiat Chrysler Automobiles N.V. não serem integradas com sucesso e outros riscos e incertezas.

Quaisquer declarações prospetivas contidas na presente comunicação referem-se apenas a partir da data deste documento e o Grupo renuncia a qualquer obrigação de atualizar ou rever publicamente as declarações prospetivas. Mais informações sobre o Grupo e as suas empresas, incluindo fatores que possam afetar materialmente os resultados financeiros do Grupo, estão incluídas nos relatórios e registos do Grupo junto da U.S. Securities and Exchange Commission, da AFM e do CONSOB.

Inscreva-se na newsletter.

INSCREVA-SE AGORA