Inscreva-se na newsletter

Inscreva-se na newsletter de Stellantis Communications e fique atualizado sobre todas as novidades

03 nov 2021

Citroën Vodafone Team quer contribuir para a festa dos ralis em Portugal

José Pedro Fontes e Inês Ponte estão a postos para alinhar no Rally de Mortágua, oitava e última prova do Campeonato de Portugal de Ralis.

Citroën Vodafone Team quer contribuir para a festa dos ralis em Portugal
  • José Pedro Fontes e Inês Ponte estão a postos para alinhar no Rally de Mortágua, oitava e última prova do Campeonato de Portugal de Ralis.
  • O C3 Rally2 do Citroën Vodafone Team volta, assim, a adotar o set-up de pisos de terra, pretendendo-se imiscuir nos lugares da frente e, com isso, baralhar as contas dos pretendentes aos títulos de 2021.
  • Dividindo-se pelos dias 5 e 6 de novembro, a prova do Clube Automóvel do Centro é composta por 8 Especiais e soma 104,34 quilómetros cronometrados, de um percurso total de 189,17 quilómetros. As lutas pelos melhores tempos concentram-se no dia de sábado, numa única Etapa composta por duas secções e quatro classificativas, repetidas de manhã e à tarde.

Está tudo a postos para que o Citroën Vodafone Team possa contribuir para a festa dos títulos de 2021 do Campeonato de Portugal de Ralis (CPR). José Pedro Fontes e Inês Ponte têm tudo pronto para abordar da melhor forma esta que será a oitava e última prova da presente temporada nacional de ralis, tentando alcançar, com o seu C3 Rally2, um resultado que lhes permita terminar em grande uma época em que estiveram sempre na luta pelos cetros de Pilotos e Navegadores que são atribuídos pela FPAK.

“Queremos terminar este ano de 2021 dando aos nossos patrocinadores, elementos da equipa e apoiantes um bom resultado. Claro que a vitória está nos nossos planos, como esteve em todas as provas de um ano que está prestes a terminar e que, por razões diversas, não nos correu tão bem como esperávamos. Vimos ‘fugir’ alguns potenciais bons resultados mas, por outro lado, teve dois excelentes pontos altos, fruto dos resultados alcançados na Madeira e no Alto Tâmega”, refere José Pedro Fontes, em vésperas do arranque da jornada do Clube Automóvel do Centro.

“Aqui em Mortágua, um rali que conhecemos bem e que é muito do nosso agrado, queremos batalhar pelos melhores tempos logo desde o primeiro troço e, com isso, estar sempre em luta pelos lugares da frente. Para o efeito, voltamos a contar com o nosso C3 Rally2 com as especificações máximas para pisos de terra, tentando lutar pelos pontos que nos permitam alcançar um lugar no ‘top-3’ final do CPR 2021. Uma coisa é certa: à semelhança de todas as provas em que alinhámos este ano, o Citroën Vodafone Team irá, decerto, abrilhantar este gradual regresso à normalidade dos ralis em solo nacional, depois de um ano em que a prova de Mortágua se viu anulada devido à pandemia”, acrescenta.

O RALLY DE MORTÁGUA EM RESUMO*

Com um calendário de dia e meio, evoluindo pela tarde de sexta-feira e parte de sábado (dias 5 e 6 de novembro), o Rally de Mortágua será, assim, a 8ª e última prova do Campeonato de Portugal de Ralis 2021. Muito compacto, o rali delineado pelo Clube Automóvel do Centro (CAC) terá um percurso total de apenas 189,17 quilómetros, nos quais se integram 104,34 quilómetros cronometrados, correspondentes a uma dupla ronda por 4 troços.

Baseado na localidade que dá nome a esta vila do distrito de Viseu, a prova tem início e terminará frente à sua Câmara Municipal, tendo o seu centro nevrálgico no Centro de Animação Cultural e o Parque de Assistência no Aeródromo Municipal. As hostilidades iniciar-se-ão na tarde de sexta-feira, no Qualifying que definirá a ordem de saída para a estrada, a realizar após os Treinos Livres e antes do Shakedown, sessões que terão lugar num troço na região de Gândara entre as 14h00 e as 17h00.

Já as lutas pelos melhores tempos nessas mesmas 8 Especiais e pela vitória na prova concentram-se no dia de sábado, numa Etapa única com partida agendada para as 09h00, seguindo-se uma visita de 15 minutos ao Parque de Assistência (09h15/09h30). Dali os concorrentes saem para a primeira sequência de troços – ES1 - Moitinhal/C. Calvos 1 (7,99 km; 09h50), ES2 - Santuário/Palheiros 1 (12,93 km; 10h10), ES3 - Laceiras/Tojeira 1 (13,25 km; 10h48) e ES4 - Felgueira 1 (18,00 km; 11h25) – numa ronda matinal que terminará com nova ida ao Parque de Assistência (12h10/12h40).

Após um Reagrupamento (12h55/13h25) repetir-se-á essa mesma sequência de troços – ES5 às 13h40, ES6 às 14h00, ES7 às 14h38 e ES7 às 15h15 – e, depois de 10 minutos nas assistências (16h00/16h10), os concorrentes rumam à que será a derradeira Cerimónia de Pódio (16h25) deste ano.

Para além da Citroën e da Vodafone, como patrocinador principal, são parceiros deste projeto de ralis as marcas Milaneza, ExpressGlass, Pirelli e Total. Em termos de preparação, o C3 Rally2 conta com o know-how da estrutura técnica da Sports & You.

* Nota: horas referenciais para o primeiro carro na estrada.

Outros materiais

Inscreva-se na newsletter.

INSCREVA-SE AGORA