Inscreva-se na newsletter

Inscreva-se na newsletter de Stellantis Communications e fique atualizado sobre todas as novidades

08 nov 2021

Stellantis mantém a liderança no Brasil, Argentina e América do Sul

No mercado brasileiro, a empresa posicionou seis entre os sete modelos mais vendidos no acumulado do ano

Stellantis mantém a liderança no Brasil, Argentina e América do Sul

No mercado brasileiro, a empresa posicionou seis entre os sete modelos mais vendidos no acumulado do ano.

A Stellantis chega ao final de outubro como líder de mercado no Brasil, Argentina e no total de vendas na América do Sul. A empresa lidera tanto no mês de outubro quanto no acumulado do ano.

Foram 62 mil veículos vendidos pela empresa no mês na América do Sul, de um total de 686 mil unidades comercializadas pelo grupo de janeiro a outubro deste ano, com uma participação de mercado de 23,5%. No Brasil, foram 47.557 veículos emplacados no mês e 533 mil desde janeiro, o equivalente a 32,8% de participação de mercado. Na Argentina, foram 8,9 mil veículos vendidos em outubro e 91.453 desde janeiro (29,2% do mercado).

No mercado brasileiro, a Stellantis posiciona seis modelos entre os sete mais vendidos no ano. Os Fiat Strada e Argo são o líder e o vice-líder de mercado, com 91,5 mil e 73,8 mil unidades vendidas, respectivamente. Entre a quarta e a sétima posição entre os mais vendidos estão o Jeep Renegade, os Fiat Mobi e Toro, e o Jeep Compass. 

Fiat lidera o ranking nacional pelo décimo mês consecutivo

Com três modelos entre os dez mais vendidos do Brasil – Argo, Nova Strada e Nova Toro, nesta ordem – a Fiat terminou outubro na liderança do mercado nacional de automóveis e comerciais leves com 19,5% de participação e 29.395 emplacamentos. É o décimo mês consecutivo da marca à frente do ranking brasileiro. O destaque ficou com o hatch Argo, que teve 8.381 unidades emplacadas, o equivalente a 5,6% de market share.

Esse desempenho comercial mantém a marca na liderança do mercado brasileiro, atingindo uma participação de 22,4% e 365 mil unidades vendidas. Já são cerca de 109 mil carros de diferença para o segundo colocado. A Fiat é também a marca que mais cresceu no país entre as concorrentes, com 6,3 pontos percentuais comparado ao mesmo período de 2020.

A Nova Strada continua como o veículo mais emplacado do Brasil em 2021, com 91.515 mil unidades e 5,6% de market share.

Jeep registra recorde de participação de mercado

Mais uma vez, em outubro, a Jeep aumentou sua participação percentual do mercado total, chegando a 8,8% das vendas da indústria pela primeira vez. No décimo mês do ano foram comercializados 13.231 veículos Jeep. Entre os utilitários esportivos novamente a marca foi líder, com 23% dos modelos vendidos no mês. Outro grande destaque foi a posição inédita do Jeep Renegade, que conquistou o segundo lugar no ranking geral de automóveis e comerciais leves. Já o Compass ocupou a quarta posição.

Outubro também marcou a chegada do Jeep Commander à rede de concessionárias. O modelo até então estava em pré-venda desde seu lançamento em 26 de agosto. O modelo mais sofisticado produzido pela Jeep no Brasil já alcançou o terceiro lugar no ranking entre os SUVs grandes (D), com 8,8%.

Peugeot registra crescimento de 147% nas vendas até outubro  

A Peugeot registrou crescimento de 147% nas vendas acumuladas de janeiro até outubro desse ano, na comparação com igual período de 2020. Com 23 mil unidades comercializadas, a montadora emplacou 75,8% mais carros do que todo o ano passado. A marca alcançou em outubro 2% de participação de mercado, desempenho que não atingia desde agosto de 2012. Foi o melhor resultado em mais de nove anos. A marca também está crescendo com relação ao período pré-pandemia. Foram emplacados 30,7% mais veículos em relação a 2019. As vendas da marca foram impulsionadas pelo hatch Peugeot 208, com 12.878 unidades vendidas até outubro.

Citroën mantém seu crescimento acima do mercado em 2021

No mês de outubro de 2021, a Citroën registrou um crescimento de vendas de 78% em comparação com outubro de 2020. Nas vendas acumuladas até o mês de outubro, a marca registra 17.510 veículos, o que representa um crescimento de 57% em relação ao mesmo período do ano anterior.

O SUV C4 Cactus segue como grande destaque da Citroën em 2021, com a comercialização de 14.372 unidades no acumulado desse ano, um crescimento de 78% frente ao mesmo período do ano passado.

Ram é a marca premium que mais cresce

As vendas da marca Ram, com os modelos 1500 e 2500, cresceram 169% no acumulado de janeiro a outubro em relação ao mesmo período de 2020. São 2.685 emplacamentos desde o início do ano. Este resultado faz da Ram a marca premium que mais cresceu em vendas no ano.

Inscreva-se na newsletter.

INSCREVA-SE AGORA